Ocorrências Policiais – Apanhados a assaltar casa e condenados em julgamento sumário

0
595

notícias das CaldasDois jovens de 17 e 22 anos foram detidos pela PSP na manhã de 6 de Julho, depois de terem sido encontrados em flagrante delito quando estavam no interior de uma casa que tinham acabado de assaltar.
Presentes ao Tribunal das Caldas, um foi condenado a pena de prisão de dois anos e meio e outro a pena de prisão de três anos. Em ambas as situações as penas foram suspensas.

O jovem de 17 anos voltou a ser detido pela PSP das Caldas na madrugada de 10 de Julho porque tinha pendente um “mandato de detenção e condução” emitidos pelo Tribunal Judicial das Caldas da Rainha porque tinha falhado a presença numa audiência de outro processo.
No dia do assalto os ladrões ainda tentaram fugir quando a polícia entrou dentro da casa, mas acabariam por ser apanhados na residência de um familiar de um dos detidos.
Os assaltantes tinham na sua posse vários objectos em ouro que tinham furtado: alianças, pulseiras, brincos, colares, tudo avaliado pela proprietária em cerca de 9.145 euros.
Segundo a PSP, os ladrões tinham entrado na casa através do arrombamento de uma janela. A polícia informou ainda que os dois jovens são suspeitos em vários crimes de furto do interior de residências nas Caldas.
A PSP relembra que está a decorrer a operação nacional “Polícia Sempre Presente – Verão Seguro 2011” e o programa “Chave Directa”, aconselhando a que os cidadãos que vão de férias que comuniquem à esquadra local o período em que vão estar ausentes. A polícia faz, gratuitamente, um policiamento reforçado junto destas casas.
Jovens apanhados com fio de cobre furtado

Na madrugada de 6 de Julho a GNR de S. Martinho do Porto deteve dois jovens, com 17 e 21 anos, por suspeita de furto de cobre.
Os jovens, que seguiam num veículo ligeiro, ao aperceberem-se da viatura da Guarda tentaram fugir, acabando por ser interceptados pouco tempo depois.
Foi-lhes apreendido 600 metros de fio de cobre que terão sido furtados em gruas de obras e de residências em construção na zona das Caldas, para além de outros objectos furtados numa casa na Consolação (Peniche).
Na manhã de segunda-feira passada, dia 21, a GNR de Leiria apreendeu 390 quilos de cobre na Marinha Grande, no âmbito de uma investigação sobre receptação de material furtado.
A operação envolveu buscas a uma residência e a uma sucateira. Para além dos 390 quilos de cobre, os militares constituíram arguidos um homem de 73 anos e uma mulher de 57. Confiscaram ainda diversas facturas e guias de transporte relativas à empresa visada.

Oito espingardas ilegais encontradas numa casa

A PSP das Caldas apreendeu, a 7 de Julho, na casa de uma mulher de 43 anos oito espingardas e 282 munições, que as autoridades suspeitam ser de um indivíduo com cerca de 40 anos.
As armas de fogo foram encontradas na sequência de uma busca domiciliária no âmbito da investigação de um processo crime por ameaças e agressões, em que está envolvido o suspeito, que terá uma relação com a proprietária da casa onde as armas foram encontradas.
A polícia fez primeiro uma busca na casa do suspeito, mas como não encontrou nada e tinha informações de que este teria armas ilegais em seu poder, foi procurar na habitação da alegada companheira.
Foi no decorrer dessa busca que a polícia encontrou duas espingardas de calibre 16mm, duas espingardas de calibre 12 mm e uma carabina de calibre .22, três espingardas de pressão de ar e três estojos próprios de transporte, para além das 211 munições de calibre 12 mm, 25 munições de calibre 16 mm e 46 munições .22.

Veículos furtados foram recuperados

A 4 de Julho foi furtada uma mota em Frei Domingos (Benedita), uma carteira no Mercado de Santana e assaltada uma casa em São Martinho do Porto. Foram ainda apresentadas queixas por danos num poste da EDP em Turquel, furto de fio de cobre em Reinaldes (Peniche) e roubo de grelhas de escoamento de águas pluviais em Óbidos.
Uma viatura foi roubada a 5 de Julho na Ribafria (Peniche). No mesmo dia assaltaram um estabelecimento comercial em Casal Velho (São Martinho) e furtaram gasóleo do interior de uma estação elevatória em Ferrel.
Dois veículos furtados em Leiria e no concelho das Caldas entre o final de Maio e de Junho, foram recuperados pela PSP caldense na tarde de 5 de Julho. No Baleal roubaram vários artigos de surf de uma casa.
No dia 6 furtaram vários artigos e documentos do interior de uma viatura na Foz do Arelho. No mesmo dia foi assaltada uma casa nas Caldas da Rainha, outra no Baleal e ainda mais uma em Peniche. Na Quinta da Cutileira (Caldas) assaltaram um estaleiro.
Uma mulher de 40 anos foi detida a 7 de Julho pela PSP da Nazaré depois de ter tentado sair de um hipermercado sem pagar vários artigos que tinha na sua posse, no valor de 71,15 euros.
Vários sacos de cereais foram furtados no dia 7 do interior de um armazém em Casal Areia (Alcobaça). Na Atouguia da Baleia furtaram um veículo e no Bombarral assaltaram um estabelecimento comercial.
A 8 de Julho assaltaram uma casa no Nadadouro e na Foz do Arelho furtaram uma máquina fotográfica e 340 euros em dinheiro do interior de um carro. Nas Gaeiras também assaltaram uma casa de onde levaram artigos no valor de mil euros. Em S. Martinho foi assaltada uma viatura. No Bombarral a GNR recebeu uma queixa pelo furto de cobre e danos num posto de transformação em Camarão, e pelo assalto a uma casa no Rossio do Carvalhal.
Três veículos foram assaltados a 9 de Julho em Évora de Alcobaça, Óbidos e Almagreira. Houve ainda a registar nesse dia o assalto a duas casas em Valado dos Frades e Barrocalvo. Nos Baraçais foram furtados vários artigos em cobre (tubos, torneiras e uma caldeira).
No dia seguinte roubaram vários sacos de farinha de uma pecuária em Turquel. Dois veículos foram assaltados na Foz do Arelho e na Consolação, enquanto que em Alfeizerão e no Bombarral assaltaram duas casas. Na Atouguia da Baleia furtaram um fio em ouro e uma carteira.
Uma viatura roubada na madrugada de 29 de Junho foi recuperada pela PSP das Caldas a 11 de Julho. O veículo foi transportado para a esquadra, local onde serão efectuadas peritagens técnica e posteriormente entregue ao seu proprietário.
Detidos por conduzirem sem carta ou com excesso de álcool

A 4 de Julho um homem foi detido na Benedita por condução sem carta e outro condutor foi apanhado com excesso de álcool em Alvorninha.
Um indivíduo de 23 anos foi detido na Nazaré, na madrugada de 6 de Julho, por conduzir com excesso de álcool (1,70 gr/l). Dois indivíduos foram detidos pela GNR a 7 de Julho por condução sob o efeito do álcool e por falta de carta. No dia seguinte a Guarda deteve outro indivíduo que conduzia sem carta em Vale Maceira. Em Peniche, no dia 10, a GNR deteve um homem que conduzia com excesso de álcool.
De 4 a 10 de Julho a GNR das Caldas registou na área do seu destacamento territorial um total de 38 acidentes, dos quais resultaram 15 feridos ligeiros.