Hugo Oliveira director do Gabinete de Estudos do Instituto Fontes Pereira de Melo

17
1185

O vereador Hugo Oliveira é o novo director do Gabinete de Estudos e Edições do Instituto Fontes Pereira de Melo (IFPM), uma associação ligada ao PSD que tem como objecto social o estudo e investigação dos assuntos relacionados com a administração local autárquica e regional.
“Fui convidado para este cargo pela Dra. Teresa Costa Macedo, presidente do instituto”, revelou Hugo Oliveira à Gazeta das Caldas.
O novo director já está a preparar um seminário sobre a reforma da administração local, a realizar em Junho em Lisboa, e pretende convidar vários especialistas a participarem noutros eventos nesta área. Tomou também a decisão de o instituto passar a enviar para todas as juntas de freguesia do país as informações que saem na comunicação social sobre as autarquias.
Hugo Oliveira salientou que este seu cargo não é remunerado e não entra em conflito com as suas funções como vereador a tempo inteiro na Câmara das Caldas. “É um desafio interessante que também pode beneficiar o meu trabalho na autarquia”, afirmou.
Com o estatuto de Instituto de Utilidade Pública, o IFPM intervém no “desenvolvimento do Poder Local, ma desburocratização da Administração Pública, ma descentralização e ma regionalização em termos que permitam dotar Portugal, aos níveis central, regional e local, de uma administração moderna e dinâmica, competente e rigorosa na sua capacidade de resposta, e, por isso, cada vez mais próxima dos cidadãos”, refere a apresentação na Internet (www.ifpm.pt).

P.A.

17 COMENTÁRIOS

  1. Que treta para mandar areia para os olhos do povinho e se promover. Vereador da treta que fez uma parvoíce de coisa para os cães que está a maior nojice desta cidade e que meteu os amiguinhos da politica a trabalhar no Centro da Juventude e na câmara. Este é mais um exemplo da vergonha de políticos que deixaram o país neste estado. Se não fosse a política o que é que este andava a fazer? Nem para varrer o chão servia (que bem precisa diga-se)

  2. Para mim vontade de rir dá me pelo facto de continuar a haver cobardia, nao se escondam dêem a cara. E já agora quando quiserem tenho lá umas vassouras…., lol. Cresçam patetas…

  3. Na minha opinião, não sendo ela politica ou partidária, gostaria de ver o Vereador Hugo apresentar uma lista a CMCR, penso que poderia surpreender positivamente pela composição dessa lista e sem medos, empenho e bom trabalho elevar o Município no panorama Nacional.
    Numa altura em que se fala do desenvolvimento da marca Caldas, muitos Municípios gostariam de ter algo que os diferenciasse dos outros, as Caldas tem Termas, Cerâmica e Praia e absolutamente nada de relevante tem sido feito nestas áreas, desenvolver a Marca Caldas não é fazer um logótipo e comunicar nas redes sociais, não é fazer uma mini dragagem, criar uma confraria ou renovar o largo do Hospital termal, tem de haver conteúdo… alias, conteúdo existe, somos ricos, não é suficiente, temos também de ser empenhados.

  4. É claro que “quem não se sente não é filho de boa gente” mas os políticos têm de aguentar-se à bronca (desculpem a vulgaridade da coisa) e não começar a espadeirar em todas as direcções, neste caso a responder com comentários do género “patetas”, “LOL” e “tenho lá umas vassouras” aos comentários, mesmo que esses comentários sejam anónimos e nada simpáticos.
    Não foi o que fez o jovem vereador Hugo Oliveira que parece ter tempo suficiente para se entreter com respostas.
    Anda, parece, muito nervoso.
    Estará o período de pré-candidatura a candidato à presidência da câmara a correr-lhe mal?

  5. Bom, em primeiro lugar aceito a critica, de que me posso ter excedido, mas perceba que julgando que sei de onde veem estas criticas anónimas que tenho de ser contundente comeste tipo de intervenção de baixo nivel.
    Apreendi sempre na politica a enfrentar de peito aberto os problemas e criticas mas há limtes.

    Mas ok, agradeço o seu reparo.

    Já agora tento estar sempre atento ao que se vai dizendo, e nos intervalos que posso respondo. :)

  6. Sr.Manguito, concordo consigo quem responde desta maneira e tendo as responsabilidades que este Sr. Vereador tem, está certamente ao mesmo nível de quem o ataca “cobardemente” segundo ele. É motivo para andar nervoso, pois o Dr. Costa, segundo se consta já lhe fez ou prepara-se para lhe fazer o seu “funeral político”. Sugere-se por isso ao Dr.Hugo, que se inscreva no Centro de Emprego da área da sua residência.

  7. Agora é proibido apoiar a vereadora e deputada Maria da Conceição Pereira?! Por amor de Deus!!!!…

  8. Para o A.Nobre, apenas são opiniões eu respeito, não se preocupe comigo mas obrigado pela preocupação. Desejo lhe tanta sorte na vida quanto a sua preocupação comigo. :)

  9. Parabéns ao Dr. Hugo por estas novas funçoes (sim porque é sobre esse assunto que fala a noticia). Trabalhei com o Hugo Oliveira durante mais de 7 anos, e acreditem tem uma capacidade de trabalho, uma energia e uma vontade de fazer bem e melhor pelas Caldas da Rainha, que os Caldenses deviam se orgulhar. Ele nao merece este tipo de comentarios anonimos e com pouco conteudo, de quem só fala sem conhecer a pessoa, nao se esqueçam que por de traz do Politico há tambem um ser humano que tem familia e amigos….

  10. Bem, não querendo aumentar a polémica, mas tendo de o fazer, quando se pensa num director de um centro de estudos, pensa-se imediatamente num académico, o que não é o caso seguramente do Sr. Vereador Hugo Oliveira. Com as suas qualidades e defeitos, possui uma característica já anunciada por aqui, que é de “cuidar” de colocar os seus amigos em lugares de confiança, como é o caso do jovem Bruno Letra, que não trato por Dr. porque não sei se já terminou o curso (por coincidência, na mesma universidade que o Vereador aludido). Mas quer um quer outro, podem se orgulhar do seu percurso, pois ainda em estudantes, iniciaram carreiras nas respectivas juventudes partidárias, tendo logo iniciado funções à conta do orçamento camarário. E assim vão continuando, sem nunca terem demonstrado qualquer atributo na sociedade privada. Já agora senhor Bruno Letra, na expressão “que por de traz” a palavra “traz” deve ser escrita “trás”. A primeira vem do verbo trazer a segunda tem o significado que pretende. Felizmente para se ser assessor de um presidente de um Município ou director de um Centro de Juventude ainda não se fazem testes de Português. Mas é pena…

  11. Também devia haver teste de português para vereadores. Veja-se que que este parece que nem sabe escrever corretamente “CRÍTICA” e confunde “VÊM” com “VEEM”. Francamente, que vergonha! Com estes políticos percebe-se porque é que a cidade está como está.

  12. Pois… E ser inteligente e ter neurónios é que parece que não é para todos. Isto é que é o futuro do PSD das Caldas?

Comments are closed.