Autarcas nazarenos preocupados com eventual encerramento dos CTT de Valados dos Frades

0
362

Os autarcas nazarenos estão dispostos a lutar pela manutenção da estação dos CTT de Valado dos Frades. Preocupados com um eventual encerramento daquele equipamento, os deputados municipais aprovaram por unanimidade, no passado dia 22, uma moção onde se contesta o eventual encerramento da estação e que já foi enviada para os CTT e para a ANACOM, a entidade que regula as comunicações postais e as comunicações electrónicas.
O receio de que a vila possa perder a estação de correios não é novo. Já em Maio de 2009 representantes dos CTT tinham transmitido à Junta de Freguesia, na altura presidida por Teresa Boleixa, que o balcão poderá vir a encerrar durante a parte da tarde por um período de quatro meses. Esta possibilidade foi desde logo rejeitada pela autarca e em sessão extraordinária a  Assembleia de Freguesia deixou claro que não concordaria com qualquer proposta que passasse pelo encerramento dos serviços, “total ou parcialmente”.
No passado mês de Junho, um ano depois, um representante dos CTT apontou, em reunião com o actual presidente da Junta de Valado dos Frades, José Marques dos Santos, que em Janeiro de 2011 iriam ser definidas para a estação “medidas adequadas pela administração”. A reunião surgiu na sequência de rumores sobre uma “tentativa de redução do horário de funcionamento do posto” e, de acordo com José Marques dos Santos, “os CTT ficaram de comunicar à Junta os seus propósitos para o futuro, mas ainda não o fizeram”.
O presidente da Junta de Valado dos Frades receia “que seja intenção dos CTT diminuir os períodos de funcionamento ou mesmo encerrar a estação dos Correios desta vila” e garante que, a concretizar-se qualquer uma das hipóteses, será sempre “contra os interesses locais”. Por isso mesmo, em Assembleia de Freguesia foi definido que se iria lutar pela manutenção do equipamento. Uma luta à qual depressa se juntaram todas as forças políticas com representação no concelho.

J.F.